CONVINHA CRISTO ESTABELECER SUA IGREJA?

1 – Aparentemente não convinha Cristo estabelecer uma Igreja, pois é mais fácil crer e aceitar a Cristo, do que crer e aceitar a Igreja.

2 – Soma-se, que sendo Cristo perfeito, santo e incorruptível, não lhe convinha formar uma Igreja composta de homens imperfeitos, pecadores e corruptíveis, o que tornaria essa Igreja composta desses homens, igualmente imperfeita, pecadora e corruptível.

3 – No mais, parece que qualquer um pode fundar uma Igreja, que é instituição social e política, razão porque, aquilo que pode ser feito, e é apropriado ao homem, não convém a Cristo que é Deus.

4 – Por fim, também não poderíamos ter certeza de qual Igreja seria a verdadeira, e assim aderir a ela com plena certeza, diante de tantas que se autoproclamam igrejas de Cristo, com doutrinas e ensinos diferentes e contraditórios entre si, o que geraria grande confusão e divisão, razão porque, instituir Igreja não convinha a Cristo.

MAS EM CONTRÁRIO, Cristo proclamou: –E eu te declaro: tu és Pedro, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA; AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA. ” (São Mateus 16, 18) “ E SE RECUSAR OUVIR TAMBÉM A IGREJA, SEJA ELE PARA TI COMO UM PAGÃO E UM PUBLICANO1. (São Mateus 18, 17)”

SOLUÇÃO: O santo Apóstolo Paulo identifica Cristo na figura de um novo Adão, como está escrito: “O PRIMEIRO homem, ADÃO, foi feito ser vivente. Mas o SEGUNDO ADÃO é espírito vivificante. (I Coríntios 15, 25) O PRIMEIRO ADÃO foi o primogênito de Deus na obra da criação, criado imortal, sem pecado ou defeito, e que foi feito da terra, do barro da terra, e subiu da terra para morar com Deus no jardim celestial. Ora, Deus sabia que não convinha Adão estar só, como dito: “NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ. VOU DAR-LHE UMA AJUDADORA QUE LHE SEJA ADEQUADA. Então, mandou ao homem um SONO PROFUNDO, e lhe RASGOU AS ENTRANHAS e RETIROU DE SUAS COSTELAS, e da costela tomada do homem, o Senhor Deus fez A MULHER, e a levou para junto do homem.” (Gênesis 2.18-25) Cristo, o NOVO ADÃO, é o primogênito de Deus dentre os homens que ressuscitarão para vida eterna. O santo imortal e sem pecado, que morando eternamente com Deus no céu, de lá desceu para a terra, habitando conosco no tempo finito. Se não convinha ao primeiro Adão ficar só, também não convinha ao segundo. E como fez com o primeiro Adão, Deus deu a Cristo um SONO PROFUNDO NO CALVÁRIO (morte temporária), e lhe RASGANDO O LADO DA COSTELA fez sair a água do Batismo que nos purifica, e sangue Eucarístico do sacrifício da Nova Aliança que redime nossos pecados, sinais sagrados de sua dolorosa paixão, nos quais nasceu a IGREJA, sua ESPOSA, pela qual somos unidos a ele, e nos irmanamos, congregando numa mesma fé, espírito, batismo, numa mesma doutrina e num mesmo Deus: […] Os soldados, chegando-se, porém, a Jesus, como o vissem já morto, não lhe quebraram as pernas, mas um dos soldados lhe ABRIU O LADO COM UMA LANÇA, E LOGO SAIU SANGUE E ÁGUA.” (São João 19. 32-34) Como Eva, a esposa de Adão surgiu do lado da costela do marido, rasgado como prova de amor do esposo para com a esposa; a Igreja, Esposa de Cristo, surgiu do lado rasgado de sua costela, também como prova de amor do Esposo para com a esposa, no que se responde as questões acima.

1 – Convindo ao esposo uma esposa, convinha ainda que fossem unidos para sempre num laço eterno e sagrado. E assim, JÁ NÃO SERÃO DOIS, MAS UMA SÓ CARNE, razão porque, a Igreja, digníssima Esposa, é o CORPO DE CRISTO, como está escrito: VEM, E EU TE MOSTRAREI A NOIVA, A ESPOSA DO CORDEIRO”. (Apocalipse 21, 9)” [..]Cristo é o Chefe da IGREJA, SEU CORPO, da qual ele é o salvador.” (Efésios 5, 23) Sendo indissolúvel o matrimônio sagrado entre homem e mulher, assim também é o matrimônio místico entre Cristo e a Igreja, e o que Deus uniu não é permitido ao homem separar, e sendo os dois, uma só carne, um só Corpo, impossível buscar a amizade com o Esposo desprezando, repudiando ou tendo inimizade contra a Esposa: “ […] ASSIM, JÁ NÃO SÃO DOIS, MAS UMA SÓ CARNE. NÃO SEPARE, POIS, O HOMEM O QUE DEUS UNIU. (São Marcos 10, 9 e 10)” Aquele que difama e persegue a Esposa, difama e persegue ao Esposo. Saulo perseguia a Igreja desposada, e ao perseguir a Igreja, perseguia a Cristo, o Esposo:SAULO DEVASTAVA A IGREJA. ENTRANDO PELAS CASAS, ARRANCAVA DELAS HOMENS E MULHERES E OS ENTREGAVA À PRISÃO.” E CAINDO POR TERRA, OUVIU UMA VOZ (CRISTO) QUE LHE DIZIA: – SAULO, SAULO, POR QUE ME PERSEGUES?” (Atos 8 -3 e 9-4) Cristo não é apenas uma pessoa física, mas uma humanidade Mística2, nas quais nasceram todas as realidades necessárias a nossa salvação, dentre elas, a Igreja por ele edificada, e por isso, é dito: “MARIDOS, AMAIS AS VOSSAS MULHERES, COMO CRISTO AMOU A IGREJA, e se entregou por ela. Assim, os maridos devem amar suas mulheres, COMO SEU PRÓPRIO CORPO. (Efésios 5. 25-29) Os que ainda não conseguem amar, crer e aceitar a única e verdadeira Igreja por ela mesma, ao menos amem, creiam e a aceitem por causa de Cristo, e amando ao Esposo, conhecerão também a verdadeira e única Esposa, e conhecendo-a, também a amarão.

2 – Guardar o corpo da esposa do pecado e da corrupção do mundo é dever de todo esposo. Adão não cumpriu esse dever matrimonial, não cuidando de Eva, deixando-a imprudentemente à mercê da antiga serpente, o que foi a causa da corrupção e morte dos nossos primeiros pais e de todos os seus descendentes.3 Todavia, isso não acontecerá com Cristo, digníssimo Esposo, que sendo o marido perfeito, jamais abandonará sua Igreja, nem por um breve momento, como ele próprio sentenciou de viva voz para ser testemunhado por todas as gerações: IDE, POIS, E ENSINAI A TODAS AS NAÇÕES; BATIZAI-AS EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO. ENSINAI-AS A OBSERVAR TUDO O QUE VOS PRESCREVI. EIS QUE ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS, ATÉ O FIM DOS TEMPOS.” (Mt 28-19-20); “AS PORTA DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA.” (Mt 26. 28) Como o esposo santifica a esposa, a Igreja é santa por Cristo, e em Cristo, estando essa santidade visível na doutrina, na fé, nos milagres, na caridade, nos mártires, nos santos, nos sacramentos, nos ensinos e no sacerdócio indelegável e indivisível da Igreja, sua esposa:PORQUE VOS DESPOSEI COMO ÚNICO ESPOSO, E VOS APRESENTEI A CRISTO COMO VIRGEM PURA.” (II Coríntios 11, 2) Logo, aquilo que é imperfeito, pecador e corruptível não faz parte da Igreja, ou nela fica apenas temporariamente, como Judas Iscariotes, que estava dentre os santos Apóstolos, mas jamais se tornou um deles. O que pertence a Igreja são os bens eternos que recebeu de herança, a saber, os sacramentos, o magistério, a revelação, as escrituras, a tradição, a fé, a doutrina, a caridade, a justiça, a ciência, a filosofia e os santos confirmados na beatitude, e que já estão eternamente ligados, como membros do Corpo, cuja cabeça é Cristo.

3 – Cristo deu sua vida em sacrifício na cruz, para que também a Igreja nascesse. Nascida, ele a purificou na água; e a santificou no sangue que desceu do lado de sua costela quando a lança do soldado romano atingiu seu coração. Do Corpo morto do Esposo, surgiu a Esposa, santa, gloriosa e sem mácula, tal como o Corpo do Esposo. E como acontece com toda Esposa cujo marido morre, ela recebeu dele uma herança, e a herança da Igreja está na água que nos santifica no Batismo, e no sangue do Esposo, que nos redime no novo sacerdócio, o sacerdócio da Nova Aliança, dos que são consagrados na sucessão dos Apóstolos, especialmente, Pedro:4 DEUS QUEM SALVOU TODO O SEU POVO E RESTITUIU A HERANÇA, O REINO, O SACERDÓCIO E A SANTIFICAÇÃO, (II Macabeus 2, 17)”  Na água batismal nasceram os filhos espirituais, gerados na união espiritual entre Esposo e Esposa, posto que o Batismo é um novo nascimento5; e no sangue eucarístico, presente no pão e vinho, os filhos nascidos são alimentados pela Esposa, para que possam se apresentar sem pecados ou máculas diante do Pai6. Quem poderia edificar algo assim, senão apenas o próprio Deus? Por isso, a Igreja não é instituição humana, e porque Cristo não é adúltero ou bígamo, só pode haver uma só Igreja, una, santa, católica, apostólica e romana, aquela que, como viúva do esposo crucificado, tem por herança o direito as Chaves que ligam o céu e a terra.

4 – Cristo não ordenou a homem algum que fundasse Igrejas, porque isso está além da capacidade humana. Tudo que Cristo tinha que fazer, ele faz em vida, inclusive, fundando sua Igreja sobre o fundamento dos Apóstolos (Efésios 2. 19-20), razão porque disse ele na cruz sobre suas obras: – ESTÁ TUDO CONSUMADO7. Logo, qualquer “igreja” que venha depois de Cristo, ainda que diga de si como sendo de Cristo, assim não é, autenticamente. Mas ele também nos indicou de modo claro e objetivo como reconhecer a Igreja por ele edificada, a qual guarda eternamente e com exclusividade, as Chaves dada a São Pedro, a qual é para sempre Una, Santa, Católica, Apostólica e Romana, e que pode ser identificada em apenas dez pistas:

I. – Cristo é a única Verdade:EU SOU o caminho, e A VERDADE e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” (São João 14,4)

II – E a Verdade, que é Cristo, está depositada numa ÚNICA Igreja, porque só há uma ÚNICA Verdade: “[…] se eu tardar, quero que saibas como deves te portar na casa de Deus, que É A IGREJA de Deus vivo, COLUNA E SUSTENTÁCULO DA VERDADE.” (I Timóteo 3,15)

III. – Essa Igreja fora edificada no tempo e na história pelo próprio Cristo, quando andou entre nós, dando a ela as CHAVES que ligam o céu e a terra: “POIS TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA […] EU TE DAREI AS CHAVES DO REINO DOS CÉUS: TUDO O QUE LIGARES NA TERRA SERÁ LIGADO NOS CÉUS, E TUDO O QUE DESLIGARES NA TERRA SERÁ DESLIGADO NOS CÉUS”. (São Mateus 16, 18 e 19)

IV. – Essa Igreja é que saiu de Jerusalém, e se instituiu em Roma:APARECEU-LHE O SENHOR E DISSE: DESTE TESTEMUNHO DE MIM EM JERUSALÉM, IMPORTA TAMBÉM QUE DÊS EM ROMA.(Atos dos Apóstolos 23, 11)

V. – Permanecendo em Roma, profetizou-se que por meio dela Cristo esmagaria a serpente: “O DEUS DA PAZ NÃO TARDARÁ A ESMAGAR SATANÁS DEBAIXO DOS VOSSOS PÉS.” (Carta aos Romanos 16, 20)

VI. – E que a SÃ DOUTRINA viria só por seu intermédio: “[…] ESTAIS CHEIOS DE UM PERFEITO CONHECIMENTO.” (Cartas aos Romanos 6, 17)

VII. – E que a Igreja de Roma seria a Igreja da fé universal, e que sem distorções, seria pregada em todos os cantos da terra, e para todos os povos>EM TODO O MUNDO É PRECONIZADA A VOSSA FÉ.” (Carta aos Romanos 1, 1-8) – Em todo mundo, no grego originário é escrito apenas com a palavra kosmo (κόσμος), ou UNIVERSAL, sinônimo de katholikos (Καθολικος;) ou seja, a fé universal, que veio de Roma, e que está presente em todos os cantos da terra desde a época dos Santos Apóstolos.

https://biblehub.com/greek/2889.htm

https://www.dicionarioinformal.com.br/significado/católico/2405/

VIII. – E quem não reconhece, não reconhece ao próprio Cristo: “JESUS DISSE: E SE RECUSAR OUVIR TAMBÉM A IGREJA, SEJA ELE PARA TI COMO UM PAGÃO E UM PUBLICANO.” (São Mateus 18. 17 e 18) “QUEM VOS OUVE A MIM OUVE; E QUEM VOS REJEITA A MIM REJEITA; E QUEM ME REJEITA, REJEITA AQUELE QUE ME ENVIOU.” (São Lucas 10, 16)

IX. – A Igreja fora dada a garantia de que as portas do inferno, ou seja, aquilo que procedesse do mal e da mentira não prevaleceria contra ela: POIS TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA, E AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO. (São Mateus 16. 18)”

X. – Por fim, essa Igreja recebeu a profecia de que viriam dias onde se levantariam falsos mestres, profetas e doutores que tentariam promover divisões. e que trariam doutrinas estranhas, as quais levariam muitos à perdição:ROGO-VOS, QUE DESCONFIEIS DAQUELES QUE CAUSAM DIVISÕES E ESCÂNDALOS, APARTANDO DA DOUTRINA QUE RECEBESTES. EVITAI-OS!” (Romanos 16, 17) MESMO DENTRE VÓS surgirão homens que hão de proferir DOUTRINAS PERVERSAS, com o intento de arrebatarem após si os discípulos. (Atos dos Apóstolos 20, 30)


1 Publicano ou pagão, aquele que não tem lar, vive pelas ruas, sem teto, sem chão, sem família. Metáfora dos que se afastam da Igreja.

2 Corpo Místico de Cristo é o agrupamento, nele, de todas as realidades que ele institui, e que não necessária a nossa salvação. É a própria Igreja, seu Corpo, que tem a guarda e o depósito dessas realidades. (Catecismo 1. 7-21)

3 Gn 3, 19

4 Jesus disse a Pedro: Simão, Eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.” (Lucas 22:31–32)

5 Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espíritonão pode entrar no reino de Deus. (Jo 3. 3-16)

6 Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. (Jo 6. 54 e 55)

7 Estas foram as últimas palavras de Cristo antes da morte sacrificial: Está tudo consumado. (Jo 19, 30)

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial