PARA MARIA SER IMACULADA ERA NECESSÁRIO QUE SEUS PAIS TAMBÉM FOSSEM?

 

1 – Os que protestam contra a Igreja, alegam que se do puro não poderia sair o impuro, também Maria, sendo toda pura, não poderia nascer da impureza pecaminosa de seus pais Ana e Joaquim.

2 – Concluem que Jesus, o Santo dos Santos, poderia ter sido concebido, gerado e tirado da Mulher pecadora, pois para nos salvar, era preciso que apenas Ele fosse sem pecado, e não sua mãe.

Mas em contrário, diz a Escritura[1] que, “[…] quem do imundo, tiraria o puro? Ninguém. (Jó 14. 4); e “[…] como seria puro aquele que nasce da mulher? (Jó 25. 4 e 6)

SOLUÇÃO: Uma árvore doente gera sementes doentes, que por sua vez gerarão outras arvores doentes, que gerarão outras sementes doentes, e assim sucessivamente.[2] Para interromper esse ciclo, basta proteger a próxima semente da doença, isolando-a da sua árvore matriz, aplicando-lhe o remédio que sara antes desta semente adoecer. A árvore é a humanidade enferma pelo pecado adâmico; as sementes são todos os seres humanos, que recebem sua humanidade por meio de Adão, e a semente isolada do árvore do pecado foi A VIRGEM MARIA, de onde se responde tranquilamente as questões acima.

1 – O PECADO ORIGINAL[3] é o que nos contagia com a maldade, por nascermos desprovidos da beatitude e justiça de Deus, situação transmitida pelas mães aos filhos desde a concepção. Disto vem todos os nossos defeitos, imperfeições e vícios  nos atos que nos condenam, chamados de PECADOS ATUAIS.[4] Bastaria assim, que somente na concepção de Maria, o ciclo familiar da transmissão do pecado fosse interrompido, e o modo dessa interrupção foi antecipar a salvação[5] daquela incumbida de gerar o Menino Deus, para que, na santificação completa do seu ser, o mal e o pecado não a dominassem.

2 – Maria não ficou isenta da possibilidade de vir a ser RÉ (conditio reator), ou seja, da condição de reprovada diante de Deus, podendo estar sujeita a ser julgada por seus pecados diante do Tribunal Divino, já que nasceria de pais pecadores, o que só não ocorreu porque Deus lhe conferiu uma graça especial e plena desde sua concepção, sendo dotada de santidade e justiça plena, o que impediu que a natureza pecadora e adoecida de seus pais lhe fosse transmitida por contágio. Todavia,  AQUELE QUE VINHA COM A MISSÃO DE SER JUIZ, NÃO PODERIA NASCER RÉU.[6] Cristo não podia nascer na condição de reprovado, herdada do pecado da mãe (como toda natureza humana está sujeita), para precisar ser protegido do contágio do pecado natural ou ser purificado, uma vez contagiado, o que ocorreria se fosse concebido por uma mulher pecadora. Assim, uma mãe sem pecado, convinha para que a dignidade de Cristo, como o Justo Salvador e Juiz Universal de todos, não fosse maculada, ao receber de sua mãe, uma natureza humana reprovada, com tendências a defeitos, vícios e imperfeições.


 

[1] “QUE UNIÃO HÁ entre a JUSTIÇA E INIQUIDADE? LUZ e TREVAS? E que parte tem o fiel com o infiel? (II Coríntios 6, 14)” “Quem DO IMUNDO TIRARÁ O PURO? Ninguém!” (Jó 14.4)

[2] “Toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore ruim produz maus frutos. (São Mateus  7. 17-20)

[3] O homem foi criado na condição de santidade, mas por querer ser igual a Deus, acabou menosprezando ao Criador, de onde perdeu a condição de justo e santo diante de Deus. CATECISMO P.26 § 398.

[4]  “EIS QUE NASCI NA CULPA, MINHA MÃE ME CONCEBEU NO PECADO.” (Salmo 50, 7) A consequência do pecado original é a desordem em tudo que é dito, feito e pensado pelo homem, colocando-se contrário a Lei de Deus, o que  priva do convívio com Ele na vida eterna.  CATECISMO §1854 A gravidade do pecado: pecado mortal e venial

[5] https://igrejamilitante.com.br/index.php/2020/05/04/a-anunciacao-tambem-revelou-que-maria-nao-tinha-pecado/ 

[6] “Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: (II Timóteo 4, 1)” “Ele será o juiz das nações, o governador de muitos povos.”

Seguir:
error

Uma opinião sobre “PARA MARIA SER IMACULADA ERA NECESSÁRIO QUE SEUS PAIS TAMBÉM FOSSEM?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial